Última hora

Última hora

Trump aplica novas taxas aduaneiras à China

Em leitura:

Trump aplica novas taxas aduaneiras à China

Trump aplica novas taxas aduaneiras à China
Tamanho do texto Aa Aa

O que é prometido é devido mas apenas quando os mercados encerrarem. Donald Trump cumpriu e na segunda-feira e aplicou taxas adicionais às importações chinesas

"Vão ver a China, hoje, logo depois de os mercados encerrarem vamos anunciar uma coisa. E vai ser imenso dinheiro a entrar nos cofres dos Estados Unidos da América. Muito dinheiro a entrar mas... vão ver que o que estamos a fazer é o mais correto, logo depois do encerramento os negócios, quando os mercados fecharem", anunciou o presidente norte-americano.

As taxas equivalem a 170 mil milhões de euros e vão ser aplicadas sobre um vasto leque de produtos, incluindo eletrónica, malas e arroz.

Trata-se uma nova vaga de taxas depois das já aplicadas no valor de 43 mil milhões de euros. Estas entram em vigor 24 de setembro a 10 % e depois vão até aos 25 % no início de 2019.

Aguardam-se agora medidas de retaliação por parte de Pequim mas Trump já avisou que, caso isso aconteça, está preparado para aplicar taxas a todos os produtos chineses.

Pequim reagiu. Anunciou que Washington não deixa alternativa senão uma resposta idêntica apesar de considerar que as conversações são a única via para uma solução.