Última hora

Tripulação de cabine da Ryanair recusa oferta para cancelar greve

Tripulação de cabine da Ryanair recusa oferta para cancelar greve
Direitos de autor
REUTERS/Francois Lenoir/File Photo
Tamanho do texto Aa Aa

O sindicato que representa, na Bélgica, a tripulação de cabina que trabalha para a Ryanair rejeitou uma oferta da companhia aérea irlandesa para pôr fim à greve marcada para 28 de setembro.

A mesma ameaça de greve foi apresentada por tripulações de cabine da Ryanair que vivem em Portugal, Itália, Espanha e Holanda e que criticam a empresa por não respeitar a legislação laboral em vigor nos seus países.

Os sindicatos ameaçam fazer uma greve de 24 horas, uma vez por mês, até que as suas exigências sejam atendidas.

Os acionistas da Ryanair vão debater o tema na quinta-feira.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.