Última hora

Última hora

Visita histórica de Moon Jae-in à Coreia do Norte

Em leitura:

Visita histórica de Moon Jae-in à Coreia do Norte

Visita histórica de Moon Jae-in à Coreia do Norte
Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente da Coreia do Sul realizou uma visita histórica ao homólogo da Coreia do Norte. Em Pyongyang Moon Jae-in discursou para uma multidão norte-coreana, propondo que os dois países acabassem com mais de sete décadas de hostilidades.

Em Seul, a correspondente da NBC, afirma que há uma aparência de grande êxito pois esta visita de Moon Jae-in teve um grande significado político e pessoal. Foi a primeira visita de um líder sul-coreano ao Norte, em 11 anos, e resultou na promessa de que Kim Jong Un vai visitar Seul, o que será a primeira visita de um líder norte-coreano ao Sul. Na visita, durante os jogos de Pyongyang, Moon Jae-in deu um passo raro, o primeiro para um líder sul-coreano: falou abertamente aos norte-coreanos. Janis Mackey Frayer afirma que no estádio, estavam dezenas de milhares de pessoas e que Moon Jae-in referiu-se a eles como "caros coreanos", referindo que viveram em conjunto durante milhares de anos e apenas 70 separados. O líder sul-coreano afirmou que está na hora de se unirem. Isto vai ter um grande peso na propaganda e nas mensagens que estão a ser difundidas em Pyongyang. A NBC esteve lá, no fim de semana, e a retórica e a propaganda anti-norte-americana parecem ter desaparecido, sendo substituídas por essa mensagem muito esperançosa e otimista sobre a unificação. Monn Jae-in retorna, agora, para a Coreia do Sul com a perceção de que, ao nível das duas Coreias, as coisas estão a avançar.