Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Alemanha discute abusos sexuais na Igreja Católica

Alemanha discute abusos sexuais na Igreja Católica
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Em Fulda, no estado de Hesse, começa esta terça-feira a Conferência Episcopal Alemã.

O encontro vai ser marcado pelo estudo exaustivo sobre abusos sexuais na Igreja Católica da Alemanha. Segundo o estudo, que foi destaque este mês na imprensa do país, pelo menos 3.677 crianças foram vítimas de abuso sexual por 1.670 clérigos. A maioria das vítimas tinha menos de 13 anos.

Para Matthias Katsch, presidente da associação de vítimas "Eckiger Tisch, estes números ficam muito aquém da realidade.

“Penso que conhecemos apenas o topo do iceberg e é por isso que é tão importante enviar investigadores independentes para os arquivos”.

(...)

_Temos visto entretanto, através dos muitos relatórios também de outros países, que foi uma forma sistemática de agir e que o Vaticano participou. Há milhares de arquivos de todo o mundo sobre casos de abuso. Cerca de 5.000 nomes de abusadores são conhecidos, mas apenas pelos responsáveis do Vaticano. Não são conhecidos pelas autoridades judiciárias dos países envolvidos. É importante que todo este sistema seja travado. Os arquivos do Vaticano devem ser públicos". _

O Papa Francisco convocou para fevereio um encontro com bispos de todo o mundo para discutir a prevenção do abuso sexual e a proteção de menores.