EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Milhares de brasileiros respondem com manifestação pró-Bolsonaro

Milhares de brasileiros respondem com manifestação pró-Bolsonaro
Direitos de autor REUTERS/Ueslei Marcelino
Direitos de autor REUTERS/Ueslei Marcelino
De  João Paulo Godinho com LUSA
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O controverso candidato do PSL às eleições presidenciais do Brasil continua a polarizar a opinião pública brasileira.

PUBLICIDADE

Milhares de pessoas encheram este domingo a Avenida Paulista, em São Paulo, numa manifestação de apoio a Jair Bolsonaro, o polémico candidato de extrema-direita às eleições presidenciais do Brasil.

Foi a resposta dos apoiantes do antigo capitão do Exército, alvo de inúmeros protestos nos últimos dias, organizados sobretudo por mulheres, tanto no Brasil como noutros países.

E tal como os opositores, também os defensores do candidato do Partido Social Liberal mobilizaram-se em ações em diversas cidades do país, com destaque para Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre ou Manaus.

Vestidos a rigor com o amarelo e o verde da bandeira brasileira, os manifestantes pró-Bolsonaro aplaudiram a postura antissistema do candidato de 63 anos e a sua ambição de mudar o país.

Sem estar presente na manifestação em sua defesa, devido à recuperação da cirurgia a que foi submetido durante a campanha na sequência do ataque em Juiz de Fora (Estado de Minas Gerais), o candidato contou com o filho Eduardo Bolsonaro para falar às massas.

Eduardo, que também é deputado federal, fez o apelo ao voto e a uma vitória do pai já na primeira volta das eleições de domingo.

No entanto, este é um cenário cada vez mais improvável. A última sondagem conhecida, da autoria do instituto MDA, aponta para a perspetiva de um empate técnico entre Bolsonaro e Fernando Haddad.

O candidato do PT, que substituiu o antigo presidente Lula da Silva como opção do partido para o ato eleitoral, recolhe 25,2% das intenções de voto, menos três pontos percentuais do que o político de extrema-direita, num estudo que ouviu 2002 pessoas.

As eleições presidenciais brasileiras estão marcadas para o próximo domingo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Brasil: foram chamados para salvar crianças, mas acabaram numa operação de "salvamento" de armas

Cheias no Brasil deixam mais de 100 mortos e milhares de desalojados

Chuvas fortes no sul do Brasil fazem pelo menos 75 mortos e mais de 100 desaparecidos