Última hora

Última hora

Navalny volta a ser libertado e avisa para o declínio do regime

Em leitura:

Navalny volta a ser libertado e avisa para o declínio do regime

Navalny volta a ser libertado e avisa para o declínio do regime
Tamanho do texto Aa Aa

Duas ordens de prisão e 50 dias depois, Alexei Navalny foi este domingo libertado. O advogado e ativista russo é considerado o rosto da oposição a Putin na Rússia.

No final de setembro, foi detido assim que pôs pé fora da prisão sob a amesma acusação: organizar manifestações contra o Kremlin. "Acho que durante estes 50 dias em que estive detido tivemos muitas provas de que este regime entrou realmente em declínio, com fracassos desde os serviços de informações à industria espacial", disse à porta do centro de detenção russo.

Navalny deixa um aviso ao executivo de Moscovo: "Se alguém pensa que estas prisões, que são naturalmente desagradáveis, podem intimidar-nos ou parar-nos, não é o caso".

"Olá mundo. Tive saudades vossas", escreveu no primeiro tweet após a libertação

Alexei Navalny foi o principal organizador das manifestações de 2011 e 2012 na Rússia e tem sido, desde essa altura, um empenhado ativista anti-corrupção. Em março passado, foi impedido de se candidatar nas eleições presidenciais.