Última hora

Última hora

Matteo Salvini garante que morte de jovem italiana "não ficará impune"

Em leitura:

Matteo Salvini garante que morte de jovem italiana "não ficará impune"

Matteo Salvini garante que morte de jovem italiana "não ficará impune"
Tamanho do texto Aa Aa

O caso chocou o país e aumentou a pressão sobre as autoridades. Nas ruas multiplicam-se as vigílias em memória de Desirée Mariottini, como a que se fez notar esta quinta-feira no bairro de San Lorenzo, em Roma.

Foi nesta zona que foi encontrado, no interior de um edifício abandonado, o corpo da jovem de 16 anos. A vítima foi drogada e violada por vários homens antes de ser morta, ao que tudo indica por asfixia.

Dois senegaleses e um nigeriano foram detidos e o polémico ministro italiano do Interior, Matteo Salvini, apressou-se garantir que o caso não passará impune. Deslocou-se ao terreno e também criticou a autarca de Roma, do Movimento 5 Estrelas, pela zona devoluta num caso que pode ser capitalizado pelo próprio Salvini apresentado um candidato alternativo aos aliados de Governo para vencer eleições locais.

A autarca de Roma, Virgini Raggi, defendeu-se e disse: "Preciso e peço uma maior presença do Estado. Fiquei muito satisfeita por Matteo Salvini aceitar o nosso pedido para ter mais forças policiais no terreno. É uma resposta muito importante. Aguardamos isso mesmo porque existem muitas pessoas reféns da pequena criminalidade à noite mas também durante o dia."

O tema promete fazer correr muita tinta.