A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Caso Marielle Franco: Pol´icia do Rio investigada

Polícia do Rio de Janeiro
Polícia do Rio de Janeiro -
Direitos de autor
Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Polícia Federal brasileira vai investigar indícios de obstrução à justiça no caso da morte da vereadora Marielle Franco, em Março deste ano, no Rio de Janeiro.

Decisão do Ministério Público, após analisadas várias denúncias. As acusações sugerem a existência de uma organização criminal constituída por polícias e milícias privadas que tem tentado interferir e bloquear a investigação.

O ministro brasileiro da Segurança Pública explica que a tutela do processo permanece no Rio de Janeiro, mas sublinha o facto de Polícia Federal estar agora envolvida. Coube a Raul Jungmann anunciar a decisão da Procuradora-geral Raquel Dodge.

A Amnistia Internacional insiste que só uma entidade externa pode garantir a idoneidade da investigação.

O assassinato aconteceu um mês depois do presidente Michel Temer ter dado aos militares a responsabilidade da segurança nas ruas da cidade para travar a onda de violência.