EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Croácia reforça fronteira externa da EU

Croácia reforça fronteira externa da EU
Direitos de autor 
De  Hans von der Brelie
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A euronews esteve na fronteira entre a Croácia e a Bósnia-Herzegovina para ver como está a ser feita a proteção deste limite externo da UE.

PUBLICIDADE

Esta separação, entre a Croácia e a Bósnia-Herzegovina, a chamada "fronteira verde" e é, neste momento, uma das mais importantes fronteiras externas da União Europeia, O ministério do Interior croata desmentiu, recentemente, as acusações de violência policial contra migrantes. Depois das chegadas em massa, em 2015, pela chamada "rota dos Balcãs ocidentais", a Croácia reforçou a vigilância com pessoal e equipamento. Só este ano, foram presos 500 traficantes de pessoas. Damir Butina é o chefe desta unidade da polícia fronteiriça estacionada em Cetingrad, no leste da Croácia: "A polícia da Croácia na fronteira do Estado persegue e detém, diariamente, traficantes de seres humanos que abusam da vulnerabilidade de pessoas que querem passar a fronteira ilegalmente e fazem muito dinheiro com isso", conta.

Desde o início de 2018, o número de imigrantes ilegais na Croácia subiu mais de 30%. Vêm, na maioria, do Afeganistão e Paquistão.

A Croácia reforçou a cooperação com a FRONTEX, Agência Europeia de Proteção das Fronteiras. O país espera vir a preencher os critérios para fazer parte da zona Schengen até ao fim do ano e poder juntar-se em 2020.

"A União Europeia e o governo croata investiram fortemente na proteção da fronteira externa da União Europeia, não só em termos de equipamento de alta tecnologia, mas também de recursos humanos, tal como a Ivana e o Josip, apenas dois dos 6300 polícias croatas", explica o enviado especial da euronews à fronteira bósnio-croata, Hans von der Brelie.

Nome do jornalista • Ricardo Figueira

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Requerentes de asilo: a República de Chipre numa encruzilhada

Quatro detidos por alegada invasão da casa de campo do primeiro-ministro britânico

Polícias francesa e espanhola simulam ataque terrorista em preparação para os Jogos Olímpicos