Última hora

Última hora

Serviço europeu ajuda PME a gerir a propriedade intelectual

Em leitura:

Serviço europeu ajuda PME a gerir a propriedade intelectual

Serviço europeu ajuda PME a gerir a propriedade intelectual
Tamanho do texto Aa Aa

Nesta edição de Business Planet vamos ver por que razão é fundamental integrar a propriedade intelectual na estratégia global das empresas.

"A propriedade intelectual é um dos fatores que permite determinar se se trata de uma empresa bem-sucedida a nível local ou se estamos perante um negócio de dimensão global. As estatísticas europeias confirmam-no. Quando a questão da propriedade intelectual é bem gerida, os rendimentos da empresa aumentam 32%", frisou Ivan Stefanic, embaixador de um serviço europeu de ajuda às empresas no domínio da propriedade intelectual.

A equipa do Business Planet visitou uma empresa croata que recorreu ao serviço europeu, uma PME chamada Phoenix. Atualmente, o negócio da Phoenix corre bem e a qualidade dos produtos fabricados pela empresa croata é reconhecida a nível europeu. Mas há alguns anos, o grupo viveu um período difícil. Alguns empregados criaram uma empresa concorrente copiando os produtos. A quota de mercado da empresa croata caiu 35%. A direção da empresa decidiu contactar o serviço europeu de apoio às empresas no domínio da propriedade intelectual.

"Começámos a usar novos instrumentos para proteger a nossa propriedade intelectual, nomeadamente o sistema de patentes a nível europeu para registar o nosso design. Melhorámos os contratos graças a cláusulas de confidencialidade. Modificámos a cultura da nossa empresa no que toca à propriedade intelectual, explicou Bojan Stojkovic, diretor do serviço informático.

A empresa croata recuperou e está agora em expansão. "Aumentámos a nossa quota de mercado. O número de trabalhadores duplicou e somos capazes de investir somas importantes em investigação e desenvolvimento, algo crucial para a nossa empresa", acrescentou o responsável.

"O nosso papel não é substituir um advogado especializado em patentes. Mas podemos ajudar o empresário a identificar o problema e a elaborar uma estratégia, damos formação e conselho sobre o uso da propriedade intelectual. O nosso serviço europeu possui 52 embaixadores em 29 países europeus . Basta consultar a nossa página na Internet para encontrar um embaixador", explicou o embaixador do serviço europeu de apoio às empresas em matéria de propriedade intelectual, Ivan Stefanic.

Proteja a sua propriedade intelectual!

  • Os direitos de propriedade intelectual (PI) protegem os ativos intangíveis das empresas, para que elas possam tirar benefícios das suas criações e inovações.

  • 42% do PIB da UE provém de indústrias onde prevalece uma utilização intensiva da PI, levando à criação de cerca de 60 milhões de empregos na Europa.

  • O rendimento das empresas que protegem sua propriedade intelectual é superior em 32% ao das empresas que não o fazem. Essas empresas empregam mais pessoas e pagam salários mais altos.

  • No entanto, apenas 9% das PME na UE utilizam a PI, em comparação com 36% das grandes empresas. Em geral, as PME não veem os benefícios que poderiam obter com esses direitos, não possuem o conhecimento e a experiência necessários para geri-los ou consideram que os procedimentos são muito caros.

  • O serviço de assistência no domínio da Propriedade Intelectual da União Europeia dá apoio às PME nas questões relativas aos direitos de propriedade intelectual em projetos financiados pela UE e no âmbito da cooperação comercial transnacional. Os projetos centram-se na formação, sensibilização e aconselhamento sobre o registo, o uso e a gestão da propriedade intelectual.

Ligações úteis:

Serviço Europeu de Apoio às PME no domínio da Propriedade Intelectual

Embaixadores Europeus da Propriedade Intelectual

Portal Europeu dos Direitos de Propriedade Intelectual