Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Moscovici: sanções à Itália são possibilidade, mas de último recurso

Moscovici: sanções à Itália são possibilidade, mas de último recurso
Tamanho do texto Aa Aa

O comissário para os Assuntos Económicos Pierre Moscovici deixa o aviso: a Comissão Europeia pode impôr sanções a Roma, como último recurso, se não for obtido um acordo sobre o orçamento de Itália para 2019, rejeitado pelo executivo comunitário nos moldes atuais.

Moscovici frisou que "nunca [foi] a favor de sanções, porque representam sempre um falhanço, tanto para o país que é sancionado, como para as regras, porque prova que não funcionaram, nem conseguiram criar um consenso". O comissário sublinhou que quer "um diálogo", mas acrescentou que "as sanções poderão ser finalmente aplicadas se não conseguirem alcançar um acordo no quadro das regras comunitárias".

O ministro italiano das Finanças, Giovanni Tria, disse esperar que o executivo europeu e Roma continuem a manter um diálogo "construtivo".