EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Atos antissemitas registam forte aumento em França

Atos antissemitas registam forte aumento em França
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Primeiro-ministro francês diz que atos antissemitas registaram aumento de mais de 69% nos primeiros nove meses de 2018

PUBLICIDADE

Profanação de sepulturas ou negócios queimados são apenas alguns dos exemplos: os atos antissemitas em França registaram "um aumento de mais de 69% nos primeiros nove meses do ano".

A informação é avançada pelo próprio primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, num artigo publicado na sua página do Facebook dedicado aos 80 anos da terrível "Noite de Cristal", marcada por ataques sistemáticos contra a comunidade judaica na Alemanha, a 9 de novembro de 1938.

Depois de um ano recorde em 2015, os atos antissemitas tinham caído para menos de metade em 2016, prosseguindo a tendência de queda em 2017.

O ministro francês do Interior diz que este novo aumento se deve em parte ao reforço dos "meios" para que as vítimas "possam declarar" esses atos, mas o presidente do Conselho Representativo das Instituições Judaicas em França reclama medidas específicas para acabar com o que classifica de "um cancro que gangrena a sociedade".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Governo francês prepara suspensão dos aumentos

Macron rejeita estado de emergência

Francês detido no Irão por participar em protestos após a morte de Mahsa Amini foi libertado