Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

"Estado da União": Centro-direita europeia escolhe Manfred Weber como candidato

"Estado da União": Centro-direita europeia escolhe Manfred Weber como candidato
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O eurodeputado alemão Manfred Weber foi o escolhido pelos partidos de centro-direita europeus sob a égide do Partido Popular Europeu.

Agora ele é um dos candidatos a um dos cargos mais influentes no seio da União Europeia.

E mesmo a ovelha negra da família, na pessoa do primeiro-ministro húngaro Victor Orbán, votou nele.

Este é o tema que abre esta edição do "Estado da União", programa que passa em revista a atualidade europeia da semana.

Falamos ainda do rescaldo das intercalares norte-americanas que agitaram a paisagem política.

A vitória dos democratas na Câmara dos Representantes dá-lhes mais força no governo.

Agora já podem bloquear a agenda de Donald Trump e dificultar-lhe a vida recorrendo aos poderes de supervisão.

Aqui na Europa ninguém sabe ao certo o que é que isto significa.

De seguida lançamos um olhar sobre o que nos espera na semana 46:

Na segunda-feira, a Itália acolhe um encontro internacional destinado a encontrar formas de levar a paz à Líbia.

Em particular, estará em debate um plano para a realização de eleições nacionais em dezembro.

Na terça-feira é o final do prazo para Itália submeter um nova proposta orçamental em linha com as regras da União Europeia.

No mês passado, Roma e Bruxelas entraram em rota de colisão depois do orçamento italiano ter previsto um défice estrutural mais elevado do que as regras permitem.

Igualmente na terça-feira, a chanceler alemã, Angela Merkel, vai falar sobre o futuro da Europa no parlamento europeu em Estrasburgo.