A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Acordo para o Brexit mais próximo

Acordo para o Brexit mais próximo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Conselho de Ministros do Reino Unido reuniu esta terça-feira em Downing Street mas apesar do optimismo dominar, ainda se está longe de chegar a um acordo para a saída da União Europeia. Theresa May limitou-se a informar o gabinete sobre os avanços nas negociações com Bruxelas.

O discurso do executivo é o mesmo de sempre e cada vez menos convincente, a líder da Câmara dos Comuns, Andrea Leadsom, destacou o enorme esforço que tem sido feito e mostrou-se confiante na obtenção de um acordo favorável.

Theresa May garante que as negociações se encontram na reta final e assegura que não irá assinar um acordo a qualquer custo mas o tempo começa a escassear e a pressão, mesmo no interior do partido, é cada vez maior.

A possibilidade de uma saída sem acordo é real e o porta-voz de Downing Street admitiu que foi abordada durante o Conselho de Ministros, mas de acordo com o Sun, a reunião serviu para Theresa May informar o executivo que o acordo seria assinado na quarta-feira.