EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Ministro francês do Interior endurece as críticas contra os "coletes amarelos"

Ministro francês do Interior endurece as críticas contra os "coletes amarelos"
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Movimento de contestação prossegue.

PUBLICIDADE

De pedra e cal, o movimento dos "coletes amarelos" não desarma e mantém os bloqueios a locais estratégicos em França.

O protesto contra um doloroso e anunciado aumento do imposto sobre combustíveis está para durar. Sob pressão crescente, o ministro francês do Interior, Christophe Castaner, falou numa "deriva total" e disse à France 2 que as "reivindicações não são mais consistentes."

"Peço solenemente mas de maneira firme aos que se querem manifestar para continuarem a fazê-lo se assim o entenderem mas sem tentarem bloquear e limitar a liberdade comercial e económica dos nossos cidadãos. Pedi às forças de segurança para dispersar de maneira metódica e sistemática os manifestantes sem confrontação nos depósitos de petróleo e nos lugares sensíveis", acrescentou Castaner em conferência de imprensa.

A jornada desta terça-feira foi a quarta consecutiva de protesto não só contra o aumento dos impostos sobre combustíveis mas também contra a política fiscal do Governo que asfixia as classes médias e o poder de compra. Os protestos mobilizam milhares de pessoas em todo o país.

Nas redes sociais apela-se a um bloqueio de Paris já no próximo sábado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Coletes Amarelos" invadem Paris

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos diz que França pode punir quem paga por sexo

Paris 2024: previsões do quadro de medalhas, factos, programa do dia de abertura e quais os recordes que poderão ser batidos