Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Sondagens indicam vitória de Zurabishvili nas presidenciais da Geórgia

Sondagens indicam vitória de Zurabishvili nas presidenciais da Geórgia
Direitos de autor
Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

A antiga ministra dos Negócios Estrangeiros Salome Zurabishvili vencerá, ao que tudo indica, a segunda volta das eleições presidenciais na Geórgia.

De acordo com uma sondagem para a estação de televisão pró-governo Imedi, a candidata, apoiada pelo partido Sonho Georgiano, no poder, conseguirá 58% dos votos.

O rival Grigol Vashadze, também ele um antigo chefe da diplomacia, não irá além dos 42%.

Uma outra sondagem encomendada pela estação de televisão opositora fala em 55% dos votos para Zurabishvili, que defende um equilíbrio nas relações com Moscovo e o Ocidente, e em 45% para o rival, defensor de uma linha pró-ocidental.

A segunda volta das presidenciais decorreu sob o escrutínio de observadores internacionais para despistar qualquer sinal de uso da máquina do estado pelo partido no poder para ajudar à vitória da candidata.

Com estas eleições terminou a transição da Geórgia de uma república presidencialista a parlamentar, que se iniciou em 2011.