This content is not available in your region

Enviado dos EUA para coligação contra o Estado Islâmico demite-se

Access to the comments Comentários
De  Pedro Sacadura  com Reuters
euronews_icons_loading
Enviado dos EUA para coligação contra o Estado Islâmico demite-se

Tinha sido nomeado em 2015 pelo ainda presidente dos EUA, Barack Obama, mas um ponto de vista diferente do atual chefe de Estado Donald Trump, que o manteve em funções, precipitou a saída.

Brett McGurk, o representante dos EUA junto da coligação internacional que combate o autodenominado Estado Islâmico renunciou ao cargo em protesto contra a decisão de Trump de retirar as tropas norte-americanas da Síria,

Antecipou a decisão que tinha previsto colocar em prática em fevereiro do ano que vem. Numa carta de demissão sublinhou que os jihadistas estão "enfraquecidos" mas ainda não derrotados.

Esta semana, o secretário da Defesa, Jim Mattis, também renunciou pelas mesmas razões.