Última hora

Última hora

Trump "apressa" nomeação da pasta da Defesa

Trump "apressa" nomeação da pasta da Defesa
Tamanho do texto Aa Aa

É mais uma nomeação no governo norte-americano, desta vez: Patrick Shanahan.

Donald trump decidiu dar pasta da defesa interinamente a quem já conhece os cantos à casa, e decidiu dar mais cedo do que o previsto.

O novo nomeado - até agora vice-secretário da Defesa - vai assumir o lugar de Jim Mattis quase dois meses antes do suposto - uma ordem do presidente. Jim Mattis só deveria sair no final de fevereiro do próximo ano mas Patrick Shanahan assume o cargo já no dia 1 de janeiro de 2019, como Donald Trump escreveu no Twitter.

Mattis apresentou demissão em forma de protesto contra o anúncio de retirada das tropas norte-americanas da Síria, feito por Trump há dias. Um anúncio que Mattis disse ser um "desrespeito aos aliados dos EUA", um anúncio que não agradou a muitos deles, como a França.

Emmanuel Macron foi claro no que diz respeito à decisão de Trump e, num discurso, disse que "os aliados deveriam lutar ombro a ombro".

Com a saída das tropas americanas da Síria, Erdogan reforçou as forças militares turcas na zona, isto depois de um telefonema com Donald Trump que concordou em dar tempo à Turquia para organizar terreno antes dos EUA "fazerem as malas" e saírem do território sírio.