Última hora

Última hora

Tensão no Parlamento italiano por causa de orçamento para 2019

Tensão no Parlamento italiano por causa de orçamento para 2019
Tamanho do texto Aa Aa

Com o final do ano como pano de fundo, na sessão desta sexta-feira no Parlamento italiano viveram-se momentos tensos. Tão tensos que o presidente da Câmara dos Deputados teve de suspender os trabalhos ensombrados por protestos da oposição.

Em causa está a proposta de orçamento de Estado para 2019. Obteve a "luz verde" do Senado italiano no domingo passado após uma maratona negocial que acabou com um voto de confiança imposto para acelerar a aprovação e evitando a discussão parlamentar.

Na primeira conferência de imprensa proferida em final de ano, o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, fez questão de desmentir a intromissão de Bruxelas na redação da proposta do orçamento: "Nunca permiti que Bruxelas nos desafiasse por causa do nosso plano de orçamento no que diz respeito aos detalhes. Tenho de reconhecer, na verdade, que Bruxelas nunca tentou ir à substância do orçamento que propusemos e adotámos."

Foi tudo uma questão de oposição económica e não em relação a medidas, precisou Conte.

O documento polémico teve de ser revisto em baixa a fim de evitar sanções comunitárias. Precisa agora do aval da Câmara dos Deputados para se poder tornar efetivo a 1 de janeiro. Este sábado há sessão especial no Parlamento.