Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Tensão no Parlamento italiano por causa de orçamento para 2019

Tensão no Parlamento italiano por causa de orçamento para 2019
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Com o final do ano como pano de fundo, na sessão desta sexta-feira no Parlamento italiano viveram-se momentos tensos. Tão tensos que o presidente da Câmara dos Deputados teve de suspender os trabalhos ensombrados por protestos da oposição.

Em causa está a proposta de orçamento de Estado para 2019. Obteve a "luz verde" do Senado italiano no domingo passado após uma maratona negocial que acabou com um voto de confiança imposto para acelerar a aprovação e evitando a discussão parlamentar.

Na primeira conferência de imprensa proferida em final de ano, o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, fez questão de desmentir a intromissão de Bruxelas na redação da proposta do orçamento: "Nunca permiti que Bruxelas nos desafiasse por causa do nosso plano de orçamento no que diz respeito aos detalhes. Tenho de reconhecer, na verdade, que Bruxelas nunca tentou ir à substância do orçamento que propusemos e adotámos."

Foi tudo uma questão de oposição económica e não em relação a medidas, precisou Conte.

O documento polémico teve de ser revisto em baixa a fim de evitar sanções comunitárias. Precisa agora do aval da Câmara dos Deputados para se poder tornar efetivo a 1 de janeiro. Este sábado há sessão especial no Parlamento.