Última hora

Última hora

Itália proíbe utilização de cotonetes de plástico

Itália proíbe utilização de cotonetes de plástico
Tamanho do texto Aa Aa

Os cotonetes têm os dias contados na Europa, mas em Itália já estão proíbidos.

O governo de Roma antecipou-se às instruções da União Europeia e proibiu, a partir deste 1 de janeiro, a utilização dos cotonetes em plástico.

O Parlamento Europeu tinha aprovado em outubro uma proposta que a Comissão transformou em diretiva que proíbe, a partir de 2021, dez utensílios plásticos, entre os quais as palhinhas, os pratos e os talheres de plástico e os cotonetes.

A diretiva estabelece ainda que a partir de 2025 os Estados membros da União Europeia são obrigados a reciclar 90% das garrafas de plástico e os produtores vão ser chamados a participar financeiramente nos custos de gestão dos resíduos.

A União Europeia recicla apenas um quarto das 25 milhões de toneladas de plástico que produz anualmente.

Apesar da urgência ambiental prevêm-se dificuldades nas conversações sobre as regras finais com alguns estados, que temem que as novas medidas sejam complicadas para a indústria dos plásticos.