Última hora
This content is not available in your region

Carlos Ghosn vai ser ouvido em tribunal

euronews_icons_loading
Carlos Ghosn vai ser ouvido em tribunal
Tamanho do texto Aa Aa

Carlos Ghosn vai ser ouvido num tribunal de Tóquio na próxima terça-feira, 8 de janeiro.

Os advogados de defesa do antigo presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi Motors fizeram este pedido, para que Ghosn possa conhecer, oficialmente, as razões da detenção e para que possa apresentar a sua versão dos factos.

O executivo é acusado de fraude fiscal e foi demitido do conselho de administração do grupo automóvel.

A Nissan alega também que o franco-brasileiro terá usado fundos da empresa para comprar imobiliário no Brasil e no Líbano. Ghosn está detido no Japão desde 19 de novembro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.