A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Carlos Ghosn alvo de duas novas acusações

Carlos Ghosn alvo de duas novas acusações
Direitos de autor
REUTERS/Regis Duvignau/Arquivo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Carlos Ghosn, foi alvo, esta sexta-feira, de duas novas acusações formais por parte da Justiça nipónica, o que prolonga a sua detenção no Japão. O ex-presidente da Nissan é agora acusado de abuso de confiança e de não ter declarado uma parte dos seus rendimentos resultantes de operações do fabricante automóvel nos mercados bolsistas.

Ghosn encontra-se desde 19 de novembro num centro de detenção do norte de Tóquio. Os advogados avançaram com um pedido de libertação sob caução que, no entanto, tem poucas hipóteses de receber uma resposta positiva, sobretudo face às novas acusações.