A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

May abdica de taxa para cidadãos da UE

May abdica de taxa para cidadãos da UE
Direitos de autor
REUTERS/Clodagh Kilcoyne/Arquivo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os cidadãos europeus a viver no Reino Unido felicitaram a decisão do governo de Theresa May de renunciar a taxa de 65 libras para a candidatura ao estatuto de residente permanente na sequência do Brexit.

O anúncio foi feito no dia em que Londres lançou o programa de registo dos três milhões e meio de cidadãos do bloco comunitário a viver no país.

Hedwig Hegtermans, uma holandesa que vive no Reino Unido há vários anos, felicita a aplicação lançada pelo governo para o efeito e diz que vai tentar instalá-la no seu smartphone.

Mas, para ONGs e grupos de apoio, a tarefa não será fácil, nem para o governo, nem para os cidadãos em questão.

Steve Ballinger, da organisação British Future, diz que poderá "haver pessoas que não ouvem falar [...] ou que não se apercebem que isso lhes diz respeito, que não falam bem inglês ou que não têm boas capacidades em tecnologias de informação. Haverá casos complicados, que não podem ser simplesmente resolvidos de forma rápida 'online'".

O chamado "settled status" - estatuto de residente permanente - será atribuído aos que vivem consecutivamente no país há pelo menos cinco anos. Os que estão há menos tempo, terão um título provisório.