Hungria contra debate no Parlamento Europeu

Hungria contra debate no Parlamento Europeu
Tamanho do texto Aa Aa

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Hungria, Péter Szijjártó, diz que não será enviado um representante do governo ao debate do Parlamento Europeu, na próxima semana, sobre recente legislação e decisões que levaram a grande contestação popular.

Péter Szijjártó disse que o debate solicitado pelo grupo do Verdes é "espetáculo" no âmbito da campanha para as eleições europeias de maio.

"Pedimos este debate porque a situação na Hungria está a piorar de dia para dia. (...) A democracia está no seu leito de morte na Hungria e devemos fazer tudo o que pudermos para ajudar a trazê-lo de volta à vida e apoiar o povo húngaro contra os caprichos de seu líder autocrático", disse a eurodeputada ecologista holandesa Judith Sargentini, autora de um relatório muito crítico sobre o Estado de direito na Hungria, que foi aprovado em plenário.