This content is not available in your region

Mais de um terço do gás da Europa vem da Gazprom

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Mais de um terço do gás da Europa vem da Gazprom

Mais de um terço do gás consumido na Europa no ano passado veio da Gazprom, o gigante russo estatal de exportação de gás. O volume de gás vendido para a Europa atingiu um recorde histórico em 2017, segundo os valores agora divulgados. O nível manteve-se durante 2018 e deve continuar em alta, devido à forte procura. Viktor Zubkov, presidente da empresa, disse que a fatia de mercado na Gazprom na Europa, no ano passado, chegou aos 35%. O anúncio foi feito numa conferência em Viena.

Em 2017, as exportações para a Europa e Turquia tiveram um aumento de mais de 8%, para o valor recorde de 193,3 mil milhões de metros cúbicos, apesar dos esforços da Europa para reduzir a dependência face ao gás russo.

Os volumes de exportação para a Europa devem aumentar, também devido à construção de dois gasodutos, o Nord Stream 2, no mar Báltico, e o Turkish Stream, destinado a fornecer a Turquia. Ambas as obras estão a avançar e o Turkish Stream está 80% completo. A diretora de exportações, Elena Burmistrova, diz que as vendas superiores a 200 mil milhões de metros cúbicos são a nova realidade.