Última hora

Última hora

Theresa May promete evitar fronteira rígida nas Irlandas

Theresa May promete evitar fronteira rígida nas Irlandas
@ Copyright :
ΦΩΤΟΓΡΑΦΙΑ ΑΡΧΕΙΟΥ REUTERS
Tamanho do texto Aa Aa

A dois dias da visita a Bruxelas em que vai tentar convencer Jean-Claude Juncker da necessidade de rever o acordo para o Brexit, Theresa May discursou em Belfast perante uma plateia de empresários norte-irlandeses e voltou a garantir que não quer uma fronteira física entre as duas Irlandas.

"Temos um compromisso, quer da União Europeia, quer do governo britânico, através do trabalho que estamos a fazer para o acordo de saída, que obriga os dois lados a deixar de fora a opção de uma fronteira rígida. Fomos bastante claros, enquanto governo, que faremos tudo ao nosso alcance, se houver uma saída sem acordo, para evitar a existência de fronteira física nessas circunstâncias. Com certeza, falaremos com o governo da Irlanda e com a União Europeia, se isso acontecer. Mas estamos a trabalhar para ter a certeza que saímos com um acordo e que nesse acordo está expresso o compromisso que foi feito de que não haveria fronteira rígida entre a Irlanda e a Irlanda do Norte", disse a chefe do governo britânico.

O mecanismo de salvaguarda para a fronteira irlandesa, também chamado backstop, é o principal pomo da discórdia que impediu, na Câmara dos Comuns, a aprovação do acordo entre o governo de Theresa May e a Comissão Europeia.