A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Justiça tailandesa liberta Hakeem al-Araibi

Justiça tailandesa liberta Hakeem al-Araibi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A justiça tailandesa libertou Hakeem al-Araibi. O futebolista, internacional pelo Bahrein, encontrava-se detido em Banguecoque desde Novembro na sequência de um mandado de captura emitido pelo país de origem. A detenção tinha levado a Austrália, onde tem o estatuto de refugiado desde 2017, a exigir a sua libertação. O Bahrein acabou por retirar o mandado de detenção.

O primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, agradece agora ao governo tailandês pela decisão tomada e enaltece o respeito por todo o trabalho efetuado ao longo do processo e pela capacidade para atender às questões levantadas pelo executivo australiano.

Hakeem al-Araibi foi condenado à revelia no Bahrein a dez anos de prisão por danos causados numa esquadra. O futebolista garante que na data em questão estava fora do país para participar num torneio e que está a ser perseguido pela sua participação nas revoltas da Primavera Árabe.