EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Guaidó à Euronews: "Maduro está cada vez mais isolado"

Guaidó à Euronews: "Maduro está cada vez mais isolado"
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em entrevista à euronews, Juan Guaidó diz que Nicolás Maduro está "cada vez mais isolado" e "desligado da realidade" na Venezuela

PUBLICIDADE

Nicolás Maduro está "desligado da realidade" e "cada vez mais isolado": declarações do presidente do parlamento da Venezuela e autoproclamado presidente interino do país, Juan Guaidó, à euronews, que o entrevistou em Caracas depois de mais um comício recheado de palavras de ordem contra o atual ocupante do palácio presidencial de Miraflores.

Juan Guaidó: "Ele está completamente desligado da realidade e crescentemente isolado. Há deserções todos os dias. [...] O futuro da Venezuela está garantido, mas primeiro é preciso enfrentar este difícil presente, no qual as pessoas morrem de fome, onde se vive uma emergência humanitária sem precedentes. Mas a boa notícia é que o futuro está garantido para a Venezuela e que Maduro está cada vez mais isolado."

Guaidó considera-se mais próximo do povo e consciente do difícil quotidiano dos venezuelanos.

Anelise Borges, euronews: "Muitas pessoas aqui na Venezuela dizem que as autoridades não têm noção da realidade, por isso perguntei a Nicolás Maduro o que achava que se pode comprar com 2000 bolivares. Ele não foi capaz ou não quiz responder. Sabe o que podemos comprar atualmente com 2000 bolivares?"

Juan Guaidó: "Pode comprar por exemplo um café com leite. Mas não um quilo de queijo, mesmo que o consiga encontrar, o que muitas vezes nem sequer é possível. Nem pode comprar uma caixa de antibióticos. Nem sequer pode comprar um dólar."

Veja a entrevista na íntegra, a partir desta segunda-feira, em Global Conversation.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guiana: Presidente venezuelano assume controlo da exploração de crude e gás da região de Essequibo

Mega-operação para retomar controlo de prisão

"Diabos" saem às ruas na Venezuela