Última hora

Última hora

França unida contra o antissemitismo

França unida contra o antissemitismo
Direitos de autor
Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

Em Paris milhares de pessoas reuniram-se na Praça da República para protestarem contra a multiplicação de atos violentos que têm por alvo a comunidade judaica em França.

Cerca de meia centena de organizações, de partidos políticos a associações cívicas, empunharam cartazes com as palavras "Já chega", a palavra de ordem da manifestação, apelando a uma frente comum contra o antissemitismo.

"Não sei exatamente porque é que estão zangados com os judeus. Em 1944-45 também estavam zangados contra os judeus e isso continua nos dias de hoje. Já chega. É o que está escrito aqui, "já chega", disse Alain, um membro da comunidade judaica francesa.

Igualmente presente na manifestação esteve o primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, acompanhado por vários elementos do governo.

Depois de ter visitado o cemitério alvo de um ataque antissemita, o presidente francês, Emmanuel Macron, deslocou-se ainda na terça-feira ao Memorial do Holocausto no centro de Paris para colocar uma coroa de flores.