A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Bernie Sanders inicia campanha e ataca Donald Trump

Bernie Sanders inicia campanha e ataca Donald Trump
Direitos de autor
REUTERS/Andrew Kelly
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

"Derrotar Donald Trump" e "instaurar um Governo fundado na justiça económica, social, racial e ambiental".

É este o objetivo de Bernie Sanders que iniciou, este sábado, a campanha para as primárias do Partido Democrata em Brooklyn, na cidade de Nova Iorque.

Perante milhares de apoiantes, o senador independente pelo estado do Vermont garantiu que "os princípios subjacentes do seu Governo", caso vença a eleições presidenciais em 2020, "não serão a ganância, o ódio e as mentiras. Não serão racismo, sexismo, xenofobia, homofobia e fanatismo religioso."

Sanders prometeu vencer o Donald Trump, que qualificou como "o presidente mais perigoso da história moderna" dos Estados Unidos da América.

Trump reagiu ao "piropo" e, numa mensagem na rede social Twitter, saudou o início da campanha do senador, a quem apelidou de "Bernie louco" e desejou-lhe "o melhor".

Esta não é a primeira vez que se candidata à nomeação democrata. Em 2016, foi ultrapassado pela antiga secretária de Estado, Hillary Clinton que foi derrotada por Trump nas eleições presidenciais.