A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"The Head Hunter": De Trás-os-Montes para o mundo

"The Head Hunter": De Trás-os-Montes para o mundo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Estamos na Idade Média: Um caçador de cabeças de monstros tem já uma boa coleção, mas falta-lhe uma: a do assassino da filha. É a base do argumento para "The Head Hunter", uma produção luso-americana, inteiramente rodada em Trás-os-Montes com uma equipa muito reduzida. O trailer acaba de saír.

O filme já esteve em Sitges e ganhou dois prémios no Fantasporto: Melhor filme português e melhor ator, Christopher Rygh, que é o único ator na tela durante a maior parte do filme.

Para oluso-americano Kevin Stewart, a ideia de rodar o filme na aldeia de onde a avó é natural revelou-se uma aposta ganha. No filme, Stewart foi co-produtor, co-argumentista e diretor de fotografia:

"Só havia três pessoas na equipa - Eu, o realizador Jordan Downey e o outro produtor, Ricky Fosheim. Só nós os três e um ator. É um filme minimalista. Mas conseguimos ter muita produção só por ter vindo cá a Portugal.

É um argumento que só tem três ou quatro linhas de diálogo. O diálogo que ele tem é com pessoas mortas ou com caveiras. Não tem muitas interações com outros humanos. É precisamente disso que gostamos no filme e nesta personagem. Ele é solitário e está rodeado pela morte", conta.

O site Bloody Disgusting considera este filme o seu "novo filme de terror favorito".

This is already our new favorite movie.

Publiée par Bloody Disgusting sur Vendredi 15 mars 2019

O filme estreia no dia 5 de abril nos Estados Unidos, em alguns cinemas e também numa dezena e meia de plataformas de video on demand.