Última hora

Última hora

Suspeita de matar irmão de Jong-un condenada

Suspeita de matar irmão de Jong-un condenada
Tamanho do texto Aa Aa

A vietnamita acusada de matar o meio-irmão do líder norte-coreano Kim Jong-un foi condenada a três anos e quatro meses de prisão, por "causar dano voluntário com arma perigosa".

Num tribunal malaio, Doan Thi Huong declarou-se esta segunda-feira culpada desta nova acusação, cuja moldura penal corresponde a uma sentença máxima de 10 anos de prisão, substituindo a acusação de homicídio que enfrentava, punível com pena de morte.

Detida há mais de dois anos, a vietnamita pode ser libertada na primeira semana de maio, em resultado da redução de um terço da pena por bom comportamento,

A mulher foi detida na sequência da morte de Kim Jong-nam, em fevereiro de 2017, com VX, um agente neurotóxico e uma versão altamente letal do gás sarin.