A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Um computador pode imitar o cérebro humano?

Um computador pode imitar o cérebro humano?
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Será possível criar um computador que imite o cérebro humano? Colocámos a questão aos cientistas do projeto europeu Human Brain.

Philippe Ryvlin, neurocirurgião, Centro hospitalar universitário Vaudois: "Hoje em dia, não é possível, no futuro, talvez. Penso que um dia seremos capazes de injetar numa máquina o poder computacional do cérebro humano. Ainda há muito debate para determinar o poder computacional do cérebro e a sua capacidade de memória. Mas de qualquer forma, trata-se de um número finito, ou seja será algo acessível no âmbito dos desenvolvimentos tecnológicos.

Mihai Petrovici, cientista neurocomputacional, Universidade de Berna: "A meu ver a questão é saber se há algo especial ou mágico em relação ao corpo de carne e osso, à biologia. Penso que todos os neurocientistas e a maioria dos filósofos concordam atualmente que não há nada de especial em relação à biologia. Se soubermos quais são os aspetos da biologia que são importantes para o processamento da informação, poderemos copiá-los para um substrato diferente, neste caso de silício.

Katrin Amunts, diretora científica do projeto europeu Human Brain: "Quando temos uma determinada molécula ligada a um recetor que leva à ativação de outra célula vizinha, como é que isso leva, no final a algo complexo, como um poema, como uma obra musical? Como explicar a criatividade e a autoreflexão? São funções cognitivas elevadas a que estamos habituados mas estamos muito longe de compreendê-las a poder a poder reproduzi-las numa máquina".