Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Um computador pode imitar o cérebro humano?

Um computador pode imitar o cérebro humano?
Tamanho do texto Aa Aa

Será possível criar um computador que imite o cérebro humano? Colocámos a questão aos cientistas do projeto europeu Human Brain.

Philippe Ryvlin, neurocirurgião, Centro hospitalar universitário Vaudois: "Hoje em dia, não é possível, no futuro, talvez. Penso que um dia seremos capazes de injetar numa máquina o poder computacional do cérebro humano. Ainda há muito debate para determinar o poder computacional do cérebro e a sua capacidade de memória. Mas de qualquer forma, trata-se de um número finito, ou seja será algo acessível no âmbito dos desenvolvimentos tecnológicos.

Mihai Petrovici, cientista neurocomputacional, Universidade de Berna: "A meu ver a questão é saber se há algo especial ou mágico em relação ao corpo de carne e osso, à biologia. Penso que todos os neurocientistas e a maioria dos filósofos concordam atualmente que não há nada de especial em relação à biologia. Se soubermos quais são os aspetos da biologia que são importantes para o processamento da informação, poderemos copiá-los para um substrato diferente, neste caso de silício.

Katrin Amunts, diretora científica do projeto europeu Human Brain: "Quando temos uma determinada molécula ligada a um recetor que leva à ativação de outra célula vizinha, como é que isso leva, no final a algo complexo, como um poema, como uma obra musical? Como explicar a criatividade e a autoreflexão? São funções cognitivas elevadas a que estamos habituados mas estamos muito longe de compreendê-las a poder a poder reproduzi-las numa máquina".