Última hora
This content is not available in your region

Estreia em França documentário sobre os coletes amarelos

euronews_icons_loading
Estreia em França documentário sobre os coletes amarelos
Tamanho do texto Aa Aa

Vinte semanas depois do início das manifestações dos coletes amarelos, estreou em França um documentário sobre o movimento. "J'veux du soleil" é o nome do filme realizado por François Ruffin, deputado da "França Insubmissa", e Gilles Perret. Uma "road trip" que dá voz aos coletes amarelos, mas que deixa propositadamente de parte a violência que deixou, por exemplo, marcas de destruição na capital francesa.

O deputado do partido de esquerda radical defendeu numa entrevista na rádio o documentário e o movimento dos coletes amarelos. "Fui inspirado pelo primeiro dia de protestos, por todas estas pessoas que vi nos últimos 20 anos e que estão isoladas - trabalhadores a tempo parcial, trabalhadores por conta própria, pessoas com deficiências, trabalhadores sociais - que se agruparam, pessoas que viviam na vergonha e que se uniram num só nas rotundas, pessoas que eram invisíveis e que se tornaram em algo visível com os coletes amarelos fluorescentes", explicou François Ruffin.

Ruffin foi eleito pela terra natal do presidente Macron, Amiens, para o Parlamento em 2017.

"É um filme político, sem dúvidas, mas tudo é político. É um filme político, graças pelo menos a duas coisas: o uso da emoção - riso, lágrimas, raiva - e penso que colocamos as pessoas em movimento e em movimento na política, não apenas através de programas ou de reivindicações, mas também através da emoção", afirmou Ruffin.

O documentário "J'veux du soleil" dá voz a alguns dos coletes amarelos que têm protestado e bloqueado as estradas todos os fins de semana desde meados de novembro.