Argelinos pedem nas ruas verdadeira mudança

Argelinos pedem nas ruas verdadeira mudança
Direitos de autor REUTERS/Ramzi Boudina
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A demissão do presidente Abdelaziz Bouteflika não pôs fim às manifestações na Argélia. Os argelinos voltaram a sair às ruas esta sexta-feira, para pedir uma verdadeira mudança. Não querem que outras figuras do sistema de poder das últimas décadas continuem e pedem mais demissões.

PUBLICIDADE

A demissão do presidente Abdelaziz Bouteflika não pôs fim às manifestações na Argélia. Os argelinos voltaram a sair às ruas esta sexta-feira, para pedir uma verdadeira mudança. Não querem que outras figuras do sistema de poder das últimas décadas continuem e pedem mais demissões.

"Estamos aqui para derrubar o Governo do Bedoui (primeiro-ministro interino), o falso parlamento do Abdelkader Bensalah, o Tayeb Belaiz, e o resto do gangue, realça um manifestante. 

"Todos devem partir ou serem julgados. Não queremos nenhum deles, estamos cheios deles, cansados deles", vinca outro dos manifestantes.

Há notícias de que o chefe dos serviços secretos terá sido baleado, mais um sinal da turbulência que se vive na Argélia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Festa do futebol dá origem a confrontos em França

Agricultores espanhóis bloqueiam estradas e autoestradas com tratores, pneus e ramos de árvores

As razões para a mega-manifestação dos agricultores em Madrid