EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Legislativas dividem Israel

Legislativas dividem Israel
Direitos de autor REUTERS
Direitos de autor REUTERS
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Benny Gantz lidera as sondagens mas Benjamin Netanyahu é o favorito a formar governo

PUBLICIDADE

Benjamin Netanyahu e Benny Gantz são os dois favoritos nas legislativas marcadas para esta terça-feira em Israel. O primeiro-ministro procura um quinto mandato mas é o antigo general quem lidera as preferências dos eleitores. Benny Gantz apresenta-se como uma "alternativa positiva" à "liderança divisiva" de Netanyahu e as últimas sondagens indicam que deverá alcançar trinta, dos cento e vinte lugares do parlamento.

Tudo será decidido no jogo das coligações e é aqui que Benjamin Netanyahu ganha vantagem. Mesmo que não consiga vencer o escrutínio, tudo indica que o primeiro-ministro israelita consiga uma maioria parlamentar que lhe permita formar governo, contando com o apoio dos partidos à sua direita e dos ultraortodoxos, que têm vindo a criticar a postura secular de Gantz.

De acordo com o analista político, Mokhemar Abu Seeda, independentemente de quem vier a formar o novo governo, não se deve esperar uma resolução para o conflito israelo-palestiniano uma vez que "Netanyahu aposta no reforço da soberania dos colonatos e Benny Gantz não tem uma visão para o fim da ocupação israelita".

Apesar dos escândalos de corrupção que têm afetado a imagem de Netanyahu, o primeiro-ministro israelita tem-se valido das boas relações com Donald Trump e Vladimir Putin para manter a popularidade e mais de metade dos israelitas afirma estar certa da sua continuidade. Seja qual for o desfecho das eleições, tudo indica que teremos um parlamento bastante fragmentado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O reinado dos desportos com raquete no Catar, do ténis ao padel

Invasão de abelhas interrompeu quartos de final em Indian Wells

João Sousa despede-se do ténis profissional no Estoril Open