Última hora

Última hora

A derradeira operação de charme de Theresa May

A derradeira operação de charme de Theresa May
Tamanho do texto Aa Aa

É a última operação de charme de Theresa May, esta terça-feira a primeira-ministra britânica dividiu-se entre Berlim e Paris para tentar convencer Angela Merkel e Emmanuel Macron a aceitar a extensão da data limite para o Brexit proposta por Londres.

A decisão será tomada no Conselho Europeu extraordinário desta quarta-feira, enquanto esse momento não chega, Michel Barnier rejeitou qualquer responsabilidade europeia numa eventual saída sem acordo e lembrou Theresa May que qualquer extensão, precisa também de uma justificação:

"É ela que tem de indicar o caminho a seguir. O novo elemento, que nós esperamos que traga progresso rumo a uma maioria na Câmara dos Comuns, é a negociação com o partido trabalhista. A duração de uma extensão estará ligada ao motivo: para fazer o quê?"

O negociador-chefe da União Europeia para o Brexit deixou ainda bem claro que o Acordo de Saída não será renegociado e piscou o olho à criação de uma União Aduaneira.