A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"Breves de Bruxelas": Ajuda a Migrantes, Navalny, Brexit e Orbán

"Breves de Bruxelas": Ajuda a Migrantes, Navalny, Brexit e Orbán
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Miguel Roldan é um bombeiro espanhol que está a ser investigado, em Itália, por cooperar com o tráfico de seres humanos. Miguel e outros nove companheiros podem ser condenados a até 20 anos de prisão.

Há poucos dias esteve no Parlamento Europeu. O objetivo é lutar contra a criminalização dos trabalhadores humanitários.

Este é o tema de abertura do programa "Breves de Bruxelas", que passa em revista a atualidade europeia diária. Em destaque estão, também, as seguintes notícias:

• O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou a Rússia pela detenção de Alexei Navalny e considerou que a prisão domiciliária imposta ao opositor do Presidente russo “não foi justificada".

• A Comissão Europeia adotou várias medidas para proteger os cidadãos da União Europeia e os cidadãos do Reino Unido que residam ou tenham trabalhado num outro Estado-Membro

• A Comissão Europeia iniciou uma investigação por suspeitas de cartel contra a Elios, a antiga empresa do genro do primeiro-ministro húngaro Viktor Orbán. A empresa ganhou milhões de euros de fundos europeus para projetos de iluminação pública.