Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Populares e Socialistas perdem espaço na Europa

Populares e Socialistas perdem espaço na Europa
Direitos de autor
REUTERS/Vincent Kessler
Tamanho do texto Aa Aa

Os dois principais grupos políticos no Parlamento Europeu têm vindo a recuperar terreno nos dois últimos meses, ainda assim deverão sofrer um rombo considerável nas eleições europeias de maio. A conclusão é da Europe Elects, de acordo com a última sondagem o Partido Popular Europeu deverá perder 37 lugares no hemiciclo. Ainda assim, deverá continuar como o maior grupo parlamentar em Estrasburgo, com um total de 183 eurodeputados.

Pior ainda ficam os socialistas, com menos 56 deputados que no escrutínio de 2014. No sentido contrário seguem os liberais. Caso se confirme a previsível entrada do "En Marche", de Emmanuel Macron, no grupo deverão ganhar 39 eurodeputados. Também a direita populista deverá ver a sua representação parlamentar substancialmente reforçada.

A projeção da Europe Elects tem por base sondagens públicas nos vários países europeus e deixou já o Reino Unido de fora, projetando por isso um hemiciclo de 705 lugares, menos 46 que em 2014. As eleições terão lugar entre os dias 23 e 26 de maio.