Última hora

Última hora

900 milhões de eleitores votam na Índia

900 milhões de eleitores votam na Índia
Tamanho do texto Aa Aa

A Índia começou, esta quinta-feira, a eleger um novo Parlamento.

Este é o maior processo eleitoral do mundo pois mais de 900 milhões de eleitores são chamados às urnas para eleger 543 membros da Assembleia do Povo, dos 545 possíveis, pois dois são nomeados pelo presidente.

O processo é complexo...

Com cerca 1 300 milhões de habitantes, mais de 10% da população mundial, o escrutínio vai decorrer até 19 de maio e vai desenvolver-se em sete fases.s principais candidatos

Os principais candidatos

O primeiro-ministro Narenda Modi, do Partido Bharatiya Janata, surge como o favorito e procura a reeleição.

Como principal opositor aparece Rahul Gandhi, do histórico Partido do Congresso.

O neto da ex-primeira-ministra Indira Gandhi conseguiu várias vitórias nas eleições estaduais do ano passado.

As últimas sondagens estimam, no entanto, que o partido de Gandhi não irá além dos 140 assentos. Já o partido do primeiro-ministro Modi não conseguirá a maioria absoluta, sendo obrigado a coligar-se se quiser manter-se à frente do Governo.

Os desafios

Desenvolver a economia e prepará-la para o crescente aumento da população, apresenta-se como o maior desafio do próximo primeiro-ministro.

Nos últimos dias, o Fundo Monetário Internacional reviu em baixa as expectativas de crescimento da economia indiana para 7,3% este ano e 7,5% em 2020.

Com dois terços da população com menos de 35 anos, o desemprego tem sido um dos maiores desafios do atual Governo, chegando aos 45%.

Outra questão sensível é a segurança nacional, com especial foco na difícil relação com o vizinho Paquistão.

Os dois países detêm arsenais nucleares e digladiam-se, há décadas, por causa do controlo da região de Caxemira.

Em fevereiro, a tensão escalou, após o Paquistão ter abatido um avião da Força Aérea da Índia e capturado o piloto.

O incidente ocorreu após as forças de Nova Deli terem bombardeado um alegado campo terrorista no Paquistão.

Segundo a Comissão Eleitoral da Índia, os resultados destas eleições maciças serão publicados no dia 23 de maio.