Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Junta militar promete governo civil

Junta militar promete governo civil
Direitos de autor
Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

O Sudão terá um governo civil. A promessa foi feita pelo líder da junta militar que gere o país desde a queda do regime de Omar al-Bashir e vai ao encontro dos desejos da oposição, que desde então tem feito ouvir a sua voz nas ruas de Cartum.

O general Abdel Fattah al-Burhan Abdelrahman é visto como uma figura aberta ao diálogo e sucede a Awad Mohamed Ibn Auf, que esteve apenas um dia como chefe do governo de transição.

Além da promessa de um governo civil, Abdelrahman anulou ainda o recolher obrigatório que se encontrava em vigor e decretou a libertação de todos os manifestantes detidos durante o estado de emergência decretado por al-Bashir. Reforçou ainda a ideia que o governo de transição terá uma duração máxima de dois anos.