Última hora

Última hora

Notre-Dame: Paris anuncia concurso para reconstrução

Notre-Dame: Paris anuncia concurso para reconstrução
Tamanho do texto Aa Aa

O Governo francês quer a Catedral mais famosa do país reconstruida em cinco anos. Uma tarefa quase faraónica a para a qual é preciso pôr mãos à obra.

Por isso, o Executivo quer a ajuda de arquitetos de todo o mundo para resolver o problema. Depois do conselho de ministros desta quarta-feira, Philippe referiu a importância do pináculo, cujas imagens durante o colapso correram o mundo.

"Antes do século XIX, a Catedral de Notre Dame não tinha pináculo. Foi Eugène Violet-le-Duc, arquiteto, quem se decidiu plo pináculo que conhecemos e que vimos colapsar na segunda-feira à noite."

O primeiro-ministro francês explicou ainda que um dos aspetos a ter em conta pelos arquitetos é a reconstrução do pináculo:

"Este concurso internacional vai permitir responder a esta questão: se é realmente preciso reconstruir o pináculo, se é preciso reconstruir o pináculo que tinha sido pensado por Violet-Le-Duc, ou se é preciso dotar a catedral com um novo pináculo adaptada às técnicas e ao contexto da época em que vivemos."

Edouard Philippe disse também referiu também projeto de lei para regular a gestão dos fundos angriados. Cerca de mil milhões de euros até ao momento. Fala-se um perdão fiscal sobre doações de até 75%.

Para valores superiores, a redução é de 66%.

O Governo francês diz que cada cheque passado é para a reconstrução da Catedral de Notre Dame a para mais nada.