Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Notre-Dame: Paris anuncia concurso para reconstrução

Notre-Dame: Paris anuncia concurso para reconstrução
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Governo francês quer a Catedral mais famosa do país reconstruida em cinco anos. Uma tarefa quase faraónica a para a qual é preciso pôr mãos à obra.

Por isso, o Executivo quer a ajuda de arquitetos de todo o mundo para resolver o problema. Depois do conselho de ministros desta quarta-feira, Philippe referiu a importância do pináculo, cujas imagens durante o colapso correram o mundo.

"Antes do século XIX, a Catedral de Notre Dame não tinha pináculo. Foi Eugène Violet-le-Duc, arquiteto, quem se decidiu plo pináculo que conhecemos e que vimos colapsar na segunda-feira à noite."

O primeiro-ministro francês explicou ainda que um dos aspetos a ter em conta pelos arquitetos é a reconstrução do pináculo:

"Este concurso internacional vai permitir responder a esta questão: se é realmente preciso reconstruir o pináculo, se é preciso reconstruir o pináculo que tinha sido pensado por Violet-Le-Duc, ou se é preciso dotar a catedral com um novo pináculo adaptada às técnicas e ao contexto da época em que vivemos."

Edouard Philippe disse também referiu também projeto de lei para regular a gestão dos fundos angriados. Cerca de mil milhões de euros até ao momento. Fala-se um perdão fiscal sobre doações de até 75%.

Para valores superiores, a redução é de 66%.

O Governo francês diz que cada cheque passado é para a reconstrução da Catedral de Notre Dame a para mais nada.