EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Peter Riddington: "É possível reconstruir Notre Dame em 5 anos"

Peter Riddington: "É possível reconstruir Notre Dame em 5 anos"
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O arquiteto britânico que participou na reconstrução do castelo de Windsor acredita que a catedral de Notre Dame pode ser reconstruída em 5 anos.

PUBLICIDADE

Identificados os danos na catedral de Notre Dame, as primeiras equipa começaram esta manhã a atuar no edifício para as obras mais urgentes.

O objetivo é cumprir o prazo dos cinco anos esabelecidos pelo presidente Emmanel Macron para a reconstrução. A catedral deve estar pronta por ocasião dos Jogos Olímpicos em Paris, em 2024.

Será o prazo exequível? Da Grã-Bretanha vêm alguns exemplos que dão esperança aos otimistas: Em 1984, o transepto sul de York Minster ardeu, com danos no valor de vários milhões de libras. A obra de reconstrução demorou quatro anos.

Em 1992, foi o Castelo de Windsor, lar dos monarcas britânicos desde Guilherme, o Conquistador. Os danos foram enormes; um incêndio de grandes proporções destruiu 115 quartos. O arquiteto Peter Riddington supervisionou as obras, no valor de 36 milhões de libras - quase 42 milhões de euros -. Windsor levou cinco anos a reconstruir. O arquiteto considera que o cronograma de Emmanuel Macron é ambicioso mas possível:“Certamente, tendo em conta a vontade e se houver mão de obra.  Se conseguirem a mão-de-obra para fazê-lo, diria que é possível. Mas há uma contingência que é a disponibilidade da madeira para reconstruir o telhado. Mas eles podem não ter necessariamente que reconstruir o telhado em madeira porque todas as estruturas medievais desapareceram. Podem consertar os elementos da estrutura medieval que sobreviveram, e os elementos que foram completamente destruídos não há nenhuma razão para que não possam ser construídos de forma moderna com aço ou qualquer outro material que possa estar disponível. Certamente diminuiria o tempo de execução se não tivessem que esperar pela madeira. A madeira é uma questão decisiva".

Peter também trabalhou nos planos de restauro do Parlamento britânico. A estrutura atual é uma estrutura vitoriana que substiuiu a que se perdeu num incêndio e que está cada vez mais degradada, fazendo muita gente temer que possa vir a sofrer mais um triste destino..

“Este é um edifício fundamental, que está no centro da política britânica e, na verdade, da política mundial internacional - é a mãe dos parlamentos, pelo amor de Deus. Nós podemos não gostar muito das pessoas, mas na verdade ele significa muito mais do que as pessoas que estão lá dentro. E é por isso que é importante apoiar as propostas de reparação e restauro porque, sem elas, perderemos esse edifício e não queremos perder esse edifício, tal como os franceses não querem perder a catedral de Notre Dame. ”

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

VivaTech 2024: Inteligência artificial é o centro das atenções na feira anual de tecnologia francesa

Polícia francesa expulsa cerca de 100 migrantes de acampamento junto à câmara de Paris

Pás do icónico moinho de vento do Moulin Rouge, em Paris, desabam durante a madrugada