EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Sri Lanka começa a enterrar as vítimas dos ataques

Sri Lanka começa a enterrar as vítimas dos ataques
Direitos de autor REUTERS/Athit Perawongmetha
Direitos de autor REUTERS/Athit Perawongmetha
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

São já 321 as pessoas que perderam a vida na sequência das oito explosões que abalaram o Sri Lanka.

PUBLICIDADE

O Sri Lanka começa a enterrar os mortos dos atentados deste domingo de Páscoa.

São já 321 as pessoas que perderam a vida na sequência das oito explosões que abalaram o país.

A maioria eram locais, no entanto, estima-se que entre as vítimas mortais estejam mais de 30 pessoas de nacionalidades estrangeiras. Entre elas duas cidadãs australianas. Mãe e filha que se encontravam numa igreja a assistir a uma missa:

"Não sei o que fazer. Acabei de ver a minha filha no chão... e tentei levantá-la, mas ela já estava morta. E ao lado dela, também morta, estava a minha mulher. Morreram. A minha filha e a minha mulher", afirma, desolado, Sudesh Kolonne.

De acordo com o porta-voz do governo cingalês, serviços secretos internacionais informaram no dia quatro de abril que haveria um ataque de bombistas-suicidas em vários locais do país e que os alvos seriam igrejas e hotéis.

As autoridades acreditam que os ataques sejam da autoria de um grupo jihadista local que já constava numa lista de vigilância, mas ainda nenhum grupo reivindicou a sua autoria. A polícia já deteve 40 suspeitos para investigações.

A inoperância do governo tem sido alvo de duras críticas. Mas nas ruas, o dia é de luto. Esta terça-feira foi declarada feriado nacional, no Sri Lanka, para a realização de serviços fúnebres.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Governo do Sri Lanka alvo de críticas

Sri Lanka decreta estado de emergência

Novas imagens das operações do exército israelita em Gaza