Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

"Breves de Bruxelas": PPE no Parlamento Europeu, comércio UE - EUA e gasoduto russo

"Breves de Bruxelas": PPE no Parlamento Europeu, comércio UE - EUA e gasoduto russo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A atividade no Parlamento Europeu fica suspensa enquanto os políticos fazem campanha para as eleições europeias de maio.

Nos últimos vinte anos, o maior grupo político do Parlamento tem sido o Partido Popular Europeu e hoje olhamos para a história do grupo e o que representa enquanto procura manter o controlo da câmara.

Este é o tema de abertura do programa "Breves de Bruxelas", que passa em revista a atualidade europeia diária. Em destaque estão, também, as seguintes notícias:

  • Um aumento das tensões no comércio global prejudicaria mais os Estados Unidos que os rivais económicos, conclui um relatório do Banco Central Europeu. Um dos exemplos descrito é o reduzido impacto imediato que teria o aumento das taxas à importação de carros europeus nos Estados Unidos. Uma perspetiva que tem pairado sobre a União Europeia desde o ano passado.
  • O principal candidato de centro-direita às eleições europeias, o alemão Manfred Weber, promete opor-se ao projeto do gasoduto Nord Stream 2, caso seja eleito presidente da Comissão Europeia. A posição do eurodeputado contraria os esforços do governo alemão para finalizar o gasoduto. Na visão de Weber, o Nord Stream não é do interesse europeu pois aumentaria a dependência de gás vindo da Rússia.