A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

25 anos do Eurotúnel

25 anos do Eurotúnel
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Há 25 anos que a Europa e o Reino Unido estão ligados por terra.

O Eurotúnel foi inaugurado a 6 de maio de 1994 pela Rainha Isabel II e o então presidente francês François Mitterrand.

Uma obra pensada desde os tempos de Napoleão Bonaparte, mas que só com a assinatura do tratado de Canterbury, em fevereiro de 1986, teve sinal verde para ser construída.

Os 50,5 quilómetros de túnel ferroviário custaram mais de 15 mil milhões de euros.

Na altura foi o maior estaleiro da Europa, com cerca de 15 mil pessoas a trabalharem no túnel. Pelo menos nove trabalhadores morreram durante a construção da obra.

A 1 de dezembro de 1990, o francês Philippe Cozette e o britânico Graham Fagg foram os primeiros a cumprimentar-se na fronteira subterrânea.

Em dezembro de 1993 o túnel estava pronto, mas só após alguns meses de testes os comboios começaram a circular de forma regular.

A fronteira sob o canal da mancha leva meia hora a ser atravessada e ao longo destes 25 anos já foi cruzada por cerca de 430 milhões de passageiros.

Uma travessia também com grande importância económica. Representa cerca de um quarto do comércio entre o Reino Unido e a Europa.