A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Celebrações do fim da Segunda Guerra Mundial na Rússia

Celebrações do fim da Segunda Guerra Mundial na Rússia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Vladimir Putin em tom solene na Praça Vermelha. O Presidente russo liderou a parada militar que assinalou o 74º aniversário da vitória da União Soviética contra a Alemanha nazi.

Putin dirigiu-se até ao túmulo do soldado desconhecido. Deixou uma coroa de flores e saudações de homenagem aos veteranos do conflito.

Durante o discurso deste dia da vitória, reforçou o papel da União Soviética durante a Segunda Guerra Mundial: “A Rússia está aberta à cooperação com todos aqueles que estão prontos para resistir ao terrorismo, ao neonazismo e ao extremismo. A resistência coletiva às ideias mortais é novamente crucial. Pedimos a todos os países que percebam a nossa responsabilidade partilhada de criar um sistema de segurança mundial, efetivo e igual para todos”, disse Putin.

A Segunda Guerra Mundial fez, aproximadamente, 27 milhões de mortos na União Soviética. A vitória de 1945 serve ainda de base ao patriotismo russo. E, foi num espírito patriótico que Putin abriu a parada militar. Foi um desfile com milhares de soldados onde a Rússia exibiu ao mundo os novos drones, veículos blindados e aviões.