EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Dois soldados das forças especiais francesas mortos no Sahel

Dois soldados das forças especiais francesas mortos no Sahel
Direitos de autor REUTERS/Benoit Tessier
Direitos de autor REUTERS/Benoit Tessier
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os elementos dos comandos conseguiram resgatar quatro reféns estrangeiros, mas dois deles acabaram por morrer durante uma operação de resgate.

PUBLICIDADE

Os elementos dos comandos conseguiram resgatar quatro reféns estrangeiros, incluindo uma mulher norte-americana, uma cidadã sul-coreana e dois franceses, mas dois deles acabaram por morrer durante a operação de resgate.

Esta operação foi feita durante a noite com a ajuda dos Estados Unidos, por forças destacadas para combater os militantes islâmicos. A ministra francesa da defesa garante o apoio aos militares: "A mensagem aos bandidos e aos terroristas é clara: aqueles que atacam a França e os franceses sabem que não pouparemos esforços para os perseguir, encontrar e neutralizar. Jamais abandonaremos os nossos concidadãos. Vamos continuar a fornecer aos soldados da região do Sahel o apoio necessário para garantir a segurança dos seus próprios países".

Laurent e Patrick passaram a última noite no Hotel Totora, em Natitingou, antes de desaparecerem. Os dois turistas franceses foram sequestrados durante um safári no Benin - uma vasta região, pouco povoada que tem vindo a assistir a um aumento da violência, nos últimos anos, por parte de grupos ligados à Al Qaeda e ao Daesh.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Reféns agradecem resgate "do inferno"

Macron desloca-se à Nova Caledónia para tentar pôr termo à violência no arquipélago

Forças de segurança francesas tentam retomar o controlo da principal autoestrada da Nova Caledónia