Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

"El Pibe" pede aos fãs para não verem o documentário "Diego Maradona"

"El Pibe" pede aos fãs para não verem o documentário "Diego Maradona"
Tamanho do texto Aa Aa

O documentário "Diego Maradona: rebelde, herói, vigarista, deus" estreou domingo no Festival de Cannes.

O antigo futebolista argentino esteve ausente e ainda não viu o filme, mas triste pela utilização do adjetivo "vigarista" no subtítulo, aconselhou os fãs, em declarações à Univision, a não irem ver este novo filme sobre a sua vida.

"Depende de como se leia 'vigarista' com 'Deus'. Não gosto. Não gosto do título e, se não gosto do título, não vou gostar do filme. Não vão vê-lo", disse "El Pibe."

Em Cannes, a representar o filme na estreia mundial esteve o realizador, que antes já se havia desdobrado em entrevistas de promoção. Numa delas, Asif Kapadia, conhecido também pelos documentários sobre Amy Winehouse ("Amy", 2015) e Ayrton Senna ("Senna", 2010), previu um momento emocional quando Maradona vir pela primeira vez o documentário.

"Maradona ainda não viu o filme e até que ele o veja não sei se ele entende a forma como o montámos. Penso que isso vai ser uma das coisas interessantes. (...) Porque o facto de termos usado arquivos muito antigos permite-nos ter muitas imagens que ele próprio nunca viu. Dele, da família, dos filhos. Penso que vai ser muito emocinante para ele", disse o realizador.

Asif Kapadia explicou entretanto ao jornal argentino La Nacion que este é um filme "para quem ama o futebol, mas também para quem vê Maradona como um baldas."

A estreia de "Diego Maradona" no circuito comercial está marcada para 14 de junho, no Reino Unido.