Última hora

Huawei pede intervenção da Justiça dos EUA

Huawei pede intervenção da Justiça dos EUA
Direitos de autor
Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Huawei pediu à Justiça dos Estados Unidos que declare inconstitucional a proibição de que as agências governamentais norte-americanas e as empresas comprem os seus produtos. O anúncio foi feito por Song Liuping responsável jurídico da empresa chinesa: "Os políticos dos Estados Unidos estão a usar a força de uma nação inteira para perseguirem uma empresa privada. Estão a usar todas as ferramentas, incluindo as legislativas, administrativas e os canais diplomáticos. Querem tirar-nos do mercado".

A Huawei sofreu um duro golpe quando há duas semanas, os Estados Unidos a incluíram numa lista negra, impedindo as empresas de fazerem negócios com ela. Mas os ataques contra o gigante das telecomunicações chinês já tinham começado há vários meses, no âmbito da guerra comercial entre a China e os Estados Unidos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.